in

Marcas próprias crescem na Europa

As marcas da distribuição continuam a ganhar quota de mercado na Europa. No ano passado, o ganho cresceu em 12 dos 19 países analisados para o 2018 International Private Label Yearbook, da Private Label Manufacturer’s Association (PLMA). 

Atualmente, a quota da marca própria está pelo menos nos 30% em 17 mercados. As MDD alcançaram um recorde na Alemanha, onde, pela primeira vez, a sua quota ultrapassou os 45%. Holanda, Bélgica, Suécia, Noruega, Hungria e Turquia foram outros mercados onde a MDD atingiu o seu valor mais elevado de sempre. 

Os ganhos de quota de mercado aconteceram mesmo em países onde estas marcas possuem já uma muito elevada penetração. São os casos do Reino Unido, Alemanha, Bélgica e Portugal, onde a quota já estava acima dos 40%. No Reino Unido, onde os supermercados estão a investir fortemente nos seus programas de marca própria para fazer face à concorrência dos operadores de discount, a quota ultrapassou os 46%. 

Em França, as MDD recuaram, apesar de ainda representarem mais de 30% das vendas, uma vez que os retalhistas apostaram na redução das suas gamas de entrada e passaram a privilegiar as propostas mais premium. 

Publicidade

Referência Multibanco é a forma de pagamento preferida nas compras online

GH Mumm apresenta o 1.º champanhe que se pode beber no espaço