in

Lucros da Kimberly-Clark crescem 45% no 1º trimestre

As vendas líquidas atingiram os 5.009 milhões de dólares, mais 8,1%. Em termos orgânicos, o desempenho foi de 11%

Kimberly-Clark - 800x600

Entre janeiro e março, os lucros da Kimberly-Clark aumentaram 45,3% face ao mesmo período de 2019, para os 660 milhões de dólares, graças à subida das vendas.

As vendas líquidas atingiram os 5.009 milhões de dólares, mais 8,1%. Em termos orgânicos, o desempenho foi de 11%.

A faturação do negócio de cuidados pessoais cresceu 6%, para os 2.422 milhões de dólares, enquanto que na divisão de papel tissue aumentou 13%, para os 1.723 milhões de dólares. Por seu turno, o segmento profissional vendeu mais 4%, para os 843 milhões de dólares.

A combinação da maior procura dos consumidores pelos nossos produtos e de uma forte execução por parte das nossas equipas está refletida nos resultados do primeiro trimestre”, defende Mike Hsu, CEO da Kimberly-Clark.

Aumentámos os investimentos no nosso negócio e as nossas quotas de mercado continuam a ser, de um modo geral, saudáveis. Além disso, gerámos um forte cash flow e o nosso balanço fortaleceu ainda mais, ao executarmos duas transações de dívida a curto prazo neste trimestre”.

Apesar dos bons resultados, a Kimberly-Clark decidiu suspender temporariamente as perspetivas para o futuro, dada a incerteza causada pela pandemia de Covid-19 e os possíveis efeitos na economia global.

Huawei logo

Huawei cria dia exclusivo com descontos

Comissão Europeia

Bruxelas anuncia medidas excecionais de apoio ao sector agroalimentar