in

Linde Material Handling Ibérica assume digitalização, automatização e segurança como princípios orientadores

A situação pandémica vivida em 2020 marcou a evolução do sector logístico e significou uma migração mais ágil para soluções de digitalização e de automatização. Embora a Linde Material Handling Ibérica tivesse apostado, em 2019, no lançamento de uma nova geração de empilhadores térmicos contrapesados totalmente digitais e uma gama de preparadores de pedidos equipados com a mais recente tecnologia como standard, continuou a expandir a sua já extensa carteira de soluções durante 2020.

Jaime Gener Bover, Diretor Geral da Linde Material Handling Ibérica
Jaime Gener Bover, diretor geral da Linde Material Handling Ibérica

Para Jaime Gener Bover, diretor geral da Linde Material Handling Ibérica, “foi um ano difícil, mas estou orgulhoso do grande trabalho realizado por toda a rede da Linde Material Handling Ibérica. Graças ao seu esforço e dedicação, temos sido capazes de acompanhar os nossos clientes em cada passo do caminho para o sucesso dos seus projetos intralogísticos. Em 2021l continuaremos a concentrar-nos em soluções personalizadas nas áreas da energia, sustentabilidade, digitalização e automatização“.

 

Digitalização

Em relação à digitalização, a empresa aumentou o desempenho do seu sistema de gestão de frotas Linde Connect. A nova solução baseada na Cloud oferece flexibilidade, fiabilidade e segurança, uma vez que permite obter todas as informações da frota em tempo real, bem como aumentar a disponibilidade de cada empilhador e permitir uma gestão mais rentável da frota.

Esta extensão é apenas mais passo para a digitalização completa da carteira de produtos da marca, contrapesados e de interior. A maioria dos modelos já possui tecnologia IoT (Internet das Coisas) e geolocalização, que permite a conectividade com outros sistemas, infraestruturas ou veículos de movimentação em tempo real, resultando, entre outros benefícios, numa maior eficiência e segurança tanto do equipamento como do pessoal e das instalações.

 

Automatização

O conhecimento e experiência que a Linde adquiriu em projetos de automatização, nos últimos anos, tem sido fundamental para o desenvolvimento da sua gama de produtos automatizados, especialmente no segmento dos empilhadores retráteis, o que garante uma maior produtividade, segurança e flexibilidade. Um exemplo disto é o lançamento de dois novos modelos de veículos automatizados: a segunda geração do empilhador retrátil Linde R-MATIC e o empilhador Linde L-MATIC HD. Ambos podem trabalhar com máxima precisão mesmo nos espaços mais apertados e são concebidos como uma solução híbrida, permitindo ao operador assumir o controlo do veículo em qualquer altura e mudar para o modo manual.

 

Segurança

Muitas soluções de segurança são disponibilizadas tanto como standard como através de sistemas de última geração. A marca conseguiu adaptar os sistemas existentes, tais como o seu colete de segurança interativo para preservar a distância de segurança e a rastreabilidade do contágio no campo logístico, graças ao Colete de Segurança à Distância.

Publicidade

Colinas do Douro

Colinas do Douro distribuída pela Garcias

Campanha Nestlé

Nestlé incentiva os portugueses a adotarem práticas mais sustentáveis nas suas vidas