in

Líderes da Europa de Leste discutem padrões de qualidades duplos com comissários da UE

Os primeiros ministros dos quatro países da Europa de Leste, no centro da contenda sobre o duplo padrão de qualidade em produtos alimentares, reuniram-se com comissários da União Europeia, numa cimeira em Bratislava, na Eslováquia.

Os líderes do grupo de países chamado Visegrad – República Checa, Eslováquia, Polónia e Hungria – reuniram-se com Vera Jourová, comissária europeia para a justiça, consumidores e igualdade de género, bem como Vytenis Andriukaitis, comissário responsável pela saúde e segurança alimentar, no dia 13 de outubro, na capital eslovaca.

Os países membros da União Europeia do antigo bloco comunista na Europa de Leste queixam-se há algum tempo da existência de  produtos de qualidade mais pobre vendidos nos seus mercados pelas empresas ocidentais, muitas vezes das mesmas marcas e os produtos vendidos em versões de maior qualidade na Europa Ocidental.

A Comissão Europeia manifestou a sua compreensão pelas queixas, mas ainda não fez, ou sugeriu, mudanças legislativas para proibir tais práticas. Em vez disso, introduziu diretrizes sobre a implementação do direito existente do consumidor na União Europeia em casos de duplo padrão.

A cimeira, intitulada “Igual qualidade dos produtos para todos”, teve como objetivo apresentar o trabalho da comissão contra práticas desleais no mercado único, que também inclui a criação de uma “metodologia para melhorar o teste dos produtos alimentares“.

Uma série de empresas envolvidas nesta situação já tomaram medidas unilaterais para lidar com o problema. A fabricante alemã de bolachas e biscoitos Bahlsen vai unificar os seus padrões de produção na Europa, enquanto a empresa suíça de alimentos para bebés Hipp vai relançar um dos seus produtos na Croácia.

Publicidade

Danone aumenta vendas em 12%

Nova campanha de comunicação das tabletes Lindt Excellence