in ,

Jogos da Seleção afetam tráfego no retalho

Os resultados de junho para os retalhistas europeus poderão ser afetados, pelo Euro 2016. Apesar das vendas de alguns produtos poderem crescer, a afluência às lojas poderá ser prejudicada, diz a Footfall.

Com base no Euro 2012, realizado na Polónia, a Footfall analisou a influência do campeonato nas vendas a retalho. Tudo indica que o retalho do país anfitrião, neste caso a França, será altamente recompensado. Na Polónia, por exemplo, a afluência às lojas e centros comerciais em 2012 cresceu 5,3% durante o torneio.

Nos restantes países participantes no torneio, a afluência caiu durante a primeira fase de grupos, já que os consumidores viam os jogos em casa. Com a eliminação das suas seleções, as lojas começavam a ter mais atividade.

Semifinalista de 2012, Portugal teve aumentos de afluência de 5,1% semana a semana durante as últimas duas semanas do campeonato. Na vencedora Espanha houve uma subida de 20,6% na semana da final.

Na Alemanha, a afluência às lojas caiu em média 3,3% semana a semana durante as últimas três semanas da competição. No resto dos países, o impacto dos dias de jogos no tráfego no retalho esteve diretamente relacionado com o tempo de permanência das suas equipas. Os valores registaram uma queda entre 10% e 20% em termos anuais, durante 2012, nos quartos de final, semifinais e final. Conclui, então, a Footfall que as partidas da Seleção Nacional vão influenciar negativamente o tráfego no retalho.

Publicidade

Marcas ganham 117 milhões de euros com vitória de Portugal no Euro

7 grandes anúncios do Euro 2016