in

Investimento mundial em vinho bate recorde com 31.467 milhões de euros

As exportações mundiais de vinho alcançaram um novo recorde histórico em termos de valor, alcançando 31.467 milhões de euros no período interanual de junho de 2018, o que representa 4,5% mais.

Em termos de volume, os 10.709 milhões de litros, num aumento de 2,8%, não superaram o valor homólogo de março de 2018, que foi de 10.721 milhões de litros.

O preço médio é o mais elevado até o momento: 2,94 euros por litro. Todas as categorias (espumantes, engarrafados e vinhos a granel) cresceram neste período, tanto em volume quanto em valor, com os preços médios também em alta.

França (mais 543,6 milhões de euros e 33% mais) foi o país que mais aumentou a sua receita com as exportações de vinho, embora a Itália também contribua para o crescimento global (mais 286,8 milhões de euros e 97% mais). Espanha, com mais 242,7 milhões de euros, segue a uma certa distância, crescendo mais que a média mundial. No entanto, consolidou a sua liderança em volume, longe da Itália e de França. Destaca-se, neste período, o bom desenvolvimento das exportações de vinhos australianos, alemães e portugueses, bem como a queda muito forte da Argentina.

Publicidade

ASAE apreende mais de 2 toneladas de queijo DOP

Comissão Europeia quer baixar capturas e proibir pesca do bacalhau em águas nacionais