in ,

Inteligência artificial é uma aliada para evitar o desperdício alimentar

Tanto a população quanto as grandes entidades estão cada vez mais conscientes da importância de cuidar do planeta. Algo chave neste sentido é reduzir o desperdício alimentar, sendo que milhares de toneladas de desperdício são geradas todos os dias, em todo o mundo.

Especificamente, de acordo com a ONU, estima-se que 931 milhões de toneladas de alimentos foram descartadas em 2021, ou seja, 17% do total disponível aos consumidores. Assim, as empresas apostam cada vez mais na sustentabilidade, surgindo estratégias como a chamada “Do Prado ao Prato” (“Farm to Fork”).

 

Inteligência artificial

A tecnologia pode ser uma grande aliada para amenizar este problema. Um exemplo é o retalhista turco Migros, que está a utilizar inteligência artificial para monitorizar a situação dos stocks de frutas e vegetais e gerar alarmes sobre o seu estado, para que certos alimentos possam ser prioritizados e promovidos antes de serem vendidos, explica Nina Lund, a responsável de Retail & Consumer Goods EMEA Business da Microsoft.

Outro exemplo é o fabricante dinamarquês Danfoss, que desenvolveu um sistema com sensores para garantir que os frigoríficos e congeladores para armazenamento de alimentos se mantenham nas temperaturas corretas e para alertar a equipa em caso de qualquer incidente.

Publicidade

Tide

P&G envia o seu detergente Tide para o espaço

camião elétrico

ALDI aposta em distribuição com camião elétrico