in ,

Instacart agita a batalha dos assistentes de voz

O mercado retalhista norte-americano continua a se deslocar em torno das novas tecnologias e, ultimamente, destaca o papel que os assistentes de voz estão assumir. Nesse sentido, a Instacart protagonizou o último movimento com a aquisição da startup canadense Unata, por cerca de 65 milhões de dólares (53,1 milhões de euros).

Com sede em Toronto, a empresa adquirida é especializada no desenvolvimento de tecnologias para assistentes de voz, bem como na comercialização de cupões digitais. Desta forma, a Instacart reforça a sua área tecnológica, para enfrentar operadores como a Amazon.

A aquisição da Whole Foods pela Amazon, no verão passado, colocou a Instacart numa posição incómoda, já que, até então, considerava a cadeia retalhista de produtos orgânicos como um parceiro de alto nível e investidor. Após o anúncio da operação, o CEO da Instacart, Apoorva Mehta, disse em comunicado que a Amazon “acabara de declarar guerra a todos os supermercados e lojas de rua nos Estados Unidos“.

Desde então, Apoorva Mehta tomou medidas para posicionar a empresa como a principal alternativa à gigante do comércio online do mundo. Atualmente, a Instacart tem parcerias com cadeias como a Albertsons, Costco Wholesale, Kroger, entre outros, para as quais faz a entregadas compras.

Publicidade

Bacalhau Riberalves conquista distinção Sabor do Ano 2018

Iswari aumenta as suas vendas