Future Farm
in

Future Farm chega a Portugal

A Future Farm, empresa alimentar que utiliza tecnologia de ponta para criar carne de origem vegetal com o mesmo sabor, textura e suculência da carne de origem animal, acaba de chegar a Portugal. Com a inovação e o propósito de mudar a forma como as pessoas comem como pilares, a marca acredita é possível revolucionar a indústria alimentar sem prejudicar o planeta.

Lançada em abril de 2019, a Future Farm é uma “foodtech” internacional destinada à produção de carne de origem vegetal, livre de ingredientes de origem animal, mas com o fator diferenciador de se assemelhar, em tudo, à carne de vaca ou frango. Os hambúrgueres, a carne picada, as almôndegas, as salsichas frescas ou os pedaços de “chick’n” têm como ingredientes proteína de ervilha, soja isolada e proteína de grão-de-bico, além de beterraba para imitar a cor da carne e o “sangue”, tudo sem glúten, sem organismos geneticamente modificados, sem aromas artificiais e, claro, sem carne animal.

Estamos muito felizes com a chegada da Future Farm a Portugal. Sabemos que os portugueses estão cada vez mais abertos a dietas flexitarianas, vegetarianas e veganas e que existe um mercado em expansão no que toca aos produtos alimentares de origem vegetal“, afirma Felippe Fontanelli, Sales Director – Southern & Eastern Europe. “Estamos conscientes de que a cozinha tradicional portuguesa inclui muita carne de vaca e de porco, mas sabemos que somos a alternativa certa para quem procura produtos de origem vegetal com o mesmo sabor, textura e suculência da carne animal. Existe já em Portugal a inegável consciência daquilo que comemos e da forma como o fazemos e, sobretudo, das consequências do que compramos para as nossas casas. A Future Farm quer oferecer carne saborosa e nutritiva à base de plantas para todos: vegetarianos, veganos e flexitarianos, ou simplesmente curiosos à procura de algo novo“.

O mesmo sabor, textura e suculência da carne animal é conseguido graças à aplicação de uma tecnologia própria, que aproveita a inteligência artificial para estudar a composição das moléculas da carne, realizar testes sensoriais e calibrar as quantidades de cada componente. O desafio da empresa ao entrar no mercado português passa não só por conquistar o paladar dos consumidores com os seus substitutos de carne à base de plantas, mas também entrar na cozinha e receitas portuguesas.

 

El Corte Inglés

Future FarmA Future Farm já se encontra disponível no El Corte Inglés, a primeira empresa de retalho a disponibilizar os produtos. Os artigos encontram-se à venda no supermercado do El Corte Inglés de Lisboa, Vila Nova de Gaia e online.

O El Corte Inglés tem apostado na diversificação da sua oferta, no que diz respeito às alternativas sustentáveis, designadamente ao consumo de carne. O nosso objetivo é contribuir para a promoção dos consumos sustentáveis e temos consciência de que uma parte importante dos nossos clientes nos acompanha nesta tendência. Desta forma, para o El Corte Inglés, a parceria com a Future Farm e o seu leque de ofertas vegan, que apresentamos em primeira mão, faz todo o sentido”, afirma Miguel Castelão, diretor de Compras Alimentares do El Corte Inglés Portugal.

Os portugueses poderão também encontrar os produtos da Future Farm na app de entrega ultra-rápida de compras Getir. Estando à venda na Getir, os artigos da Future Farm passam a estar disponíveis para ser entregues em poucos minutos em casa dos clientes, na região de Lisboa. Para além do cabaz tradicional de supermercado, a Getir posiciona-se, assim, também, como uma solução para a entrega imediata em casa de produtos inovadores, alternativos e saudáveis.

 

Like a Veggie

A marca fechou ainda uma parceria com a Like a Lord Burgers para criar o Like a Veggie, o primeiro hambúrguer vegetariano do restaurante virtual do ator e humorista Rui Unas. “Já há algum tempo que queríamos ter uma solução veggie no nosso menu, mas ainda não tínhamos encontrado o produto certo, ecológico, responsável, saboroso e com a receita ideal. Com a Future Farm, finalmente, temos o que procurávamos e estamos muito orgulhosos do nosso Like a Veggie”, afirma Rui Unas.

 

Dieta flexitariana e vegetariana

A dieta flexitariana, onde o consumo de vegetais prevalece sobre o consumo de carne e peixe, é a que mais tem crescido na Europa (22,9% dos europeus são flexitarianos) e em Portugal (cerca de 30% da população segue esta mesma dieta).

Já a dieta vegetariana também teve um aumento bastante significativo nos últimos anos, com um crescimento superior a 400%.

Master Origins

Nespresso lança novas edições limitadas da gama Master Origins

exportações

Exportações agroalimentares da UE aumentaram 7,3% em 2021