El Corte Inglés
in ,

El Corte Inglés converte 90 grandes armazéns em centros logísticos

O El Corte Inglés redesenhou toda a sua rede logística para acelerar a venda online e concorrer com a Amazon. O grupo aumentou a sua capacidade de entrega ao utilizar a rede de grandes armazéns como centros de distribuição, unificando o stock e controlando-o em tempo real.

Neste projeto, o grupo conta com 93 centros em Espanha, três dos quais são plataformas especializadas em Madrid, Barcelona e Canárias, e os restantes 90 são grandes armazéns que foram redesenhados para assumir operações de hubs logísticos.

 

Capilaridade

Com esta iniciativa, o El Corte Inglés consegue fazer entregas em menos de duas horas ou no horário escolhido pelo cliente em 67% dos códigos postais espanhóis. “A flexibilidade e o serviço assegurados pela nossa oferta de comércio eletrónico contribuiu para que nos posicionemos como o retalhista de e-commerce número um com capacidades de omnicanalidade no mercado espanhol e o segundo maior em vendas online em Espanha, em 2019, medido o volume de negócios líquido, segundo a Statista, atrás apenas da Amazon”, indica o grupo.

No ano passado, o diretor de e-commerce e clientes do El Corte Inglés, Ricardo Goizueta, indicou que o objetivo, este ano, é atingir os mil milhões de euros de vendas através da Internet.

Primark

Primark junta-se à Carta da Indústria da Moda para a Ação Climática da ONU

Bebidas alcoólicas

ANEBE defende fim da proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir das 20 horas