in

Economia de subscrição vai atingir os 275 mil milhões de dólares em 2022

Um novo estudo da Juniper Research apurou que o valor de mercado global da economia de subscrição crescerá para 275 mil milhões de dólares, em 2022, subindo de 224 mil milhões de dólares, em 2021.

Depois de avaliar os 10 principais mercados baseados em subscrição, a pesquisa identificou os três com a maior receita em 2022: bens físicos, vídeo e música digitais.

O relatório “Subscription Economy: Future Strategies & Market Forecasts 2022-2026” concluiu que o aumento da demanda por entregas confiáveis ​​e recorrentes de produtos-chave, devido à pandemia de Covid-19, e o suporte de automação em serviços de subscrição são os principais motivos para a aceitação de serviços de assinatura nas três verticais, representando 75% da receita global do mercado de subscrição, em 2022.

 

Bens físicos representarão 45% do valor de mercado

Os bens físicos representarão a maior oportunidade de receita das assinaturas e deverão representar 45% da receita global, até 2022, identifica a pesquisa. O relatório confirma que a subscrição de bens físicos sofreu um aumento, com os consumidores interessados ​​em garantir fontes confiáveis ​​de medicamentos e produtos essenciais diários perante a pandemia.

Adicionalmente, as assinaturas de serviços digitais, incluindo música, streaming de vídeo, “spoken word” e vídeojogos, representarão um grande fluxo de receita, correspondendo a 39% do valor do mercado global de assinaturas, em 2022.

O relatório prevê que o aumento da adoção de novos tipos de dispositivos emergentes, como colunas inteligentes, e a maior disponibilidade de conteúdo de streaming impulsionarão esta adoção.

Publicidade

El Corte Inglés

El Corte Inglés apoia financeiramente colaboradores com filhos portadores de deficiência

Ochama

JD.com cria lojas robotizadas na Europa