in

Detergentes líquidos para a roupa ganham mercado

O estudo TGI da Marktest quantifica, na sua vaga global de 2020, três milhões e 128 mil lares onde se utiliza detergentes líquidos para a roupa (últimos 12 meses), o que representa 80,8% dos lares de Portugal Continental.

Uma análise temporal destes dados permite observar uma diminuição da utilização do consumo de detergente em pó/pastilhas desde 2014, chegando, em 2020, ao valor mais baixo observado (55,3% dos lares). Já a utilização de detergente líquido tem revelado uma tendência de crescimento no mesmo período. Ainda que em 2016 se tenha observado um ligeiro decréscimo, a preferência por este tipo de detergente é notória, chegando a 2020 com o valor mais elevado (80,8%).

placeholder

 

A utilização de detergente de roupa em pó e/ou pastilhas é superior à média nos lares onde o indivíduo responsável pelas compras do lar é do sexo masculino, naqueles onde essa pessoa tem 65 ou mais anos, assim como nos lares do Litoral Centro e nos das classes alta e média alta.

Já a utilização de detergente líquido é superior à média nos lares onde o indivíduo responsável pelas compras do lar é do sexo feminino, naqueles onde essa pessoa tem entre 55 e 64 anos, assim como nos lares da região Sul e nos da classe média.

Publicidade

Coca-Cola

Coca-Cola reduz ainda mais o uso de plástico virgem

poder de compra

Apenas 13% dos portugueses afirma que o seu poder de compra aumentou face a 2020