in

Danone recorre à inteligência artificial para evitar que os iogurtes se estraguem

A Danone desenvolveu um novo sistema de inteligência artificial no Brasil para melhorar a sua eficiência no relacionamento com os retalhistas, diminuir as perdas e aumentar as vendas.

O novo sistema foi desenvolvido pela Tevec, uma empresa que concebe soluções de inteligência artificial para a área da logística. O sistema de stocks das lojas está integrado na base de dados da Danone Brasil, que sabe de imediato o estado das vendas em cada ponto de venda. “Acertar no stock das lojas é muito importante. Como os iogurtes têm poucos dias de vida, é difícil vender no tempo certo, o que complica a atuação do retalhista”, diz Xavier Serres Escoda, diretor da TI da Danone.

O sistema também recorre à inteligência artificial para calcular a encomenda, ao analisar todas as variáveis, como promoções, campanhas de marketing, sazonalidade, preço ou lançamento de novos produtos.

De acordo com a Exame Brasil, com a implantação deste sistema, a Danone diminuiu as perdas em 6% e aumentou as vendas em 10 pontos nas lojas em que foi instalado.

Publicidade

Auchan espera ultra proximidade registe aumentos de 10% a 15%

Azeite, queijo, leite e vinho são os sectores mais afetados pela fraude alimentar