in

Compra da Frutorra impulsiona resultados da Grefusa

A Grefusa terminou o exercício de 2019 com vendas no valor de 130,5 milhões de euros, mais 17%, e um lucro de 5,1 milhões de euros, mais 45%.

A empresa de snacks está a aumentar consideravelmente as vendas fora de Espanha, o seu país de origem, no seguimento de várias aquisições, entre as quais a compra, em novembro de 2018, da portuguesa Frutorra.

 

Crescimento do negócio internacional

A integração da empresa portuguesa de frutos secos, da qual detém 70%, assim como a compra de 25,1% da Intersnacks, empresa alemã que lidera a categoria de snacks e batatas fritas na Europa, com vendas superiores a 2.500 milhões de euros, impulsionaram o negócio internacional da Grefusa dos 9,6 milhões de euros para os 25,4 milhões de euros, 19,5% do total. “Estamos a apostar em países chave para a nossa internacionalização, como são os do sul da Europa”, afirma Miguel Tatay, diretor comercial da Grefusa.

Outro pilar estratégico é a aposta no snack saudável.

Publicidade

cobertor pesado

Blanky lança cobertor pesado no mercado nacional

Intermarché

Intermarché abre nova loja em Fernão Ferro