Black Box
in

Casino testa novo formato de loja em contentor

Chama-se Black Box e é mais um conceito de loja automatizada lançado na Europa.

Desenvolvido pelo grupo francês Casino, o formato está a ser testado em Clichy, na sede da Monoprix, uma das insígnias do grupo, entre os colaboradores da mesma.

Assemelhando-se a um contentor de mercadorias, com 18 metros quadrados de área, na Black Box não existem colaboradores. Está aberta 24 horas por dia, de segunda a domingo, e oferece 300 referências dedicadas sobretudo à conveniência. 55% da oferta é de marca própria.

 

Sem aplicação

Ao contrário de outros modelos de lojas automatizadas, como a Amazon Go, para aceder à Black Box não é necessária uma aplicação. Basta apresentar um cartão de crédito ou as ferramentas Apple Pay ou Google Pay. Também ao contrário da Amazon Go, o formato que está a ser testado pelo Casino não tem câmaras no seu interior, de modo a cumprir com a legislação de proteção de dados.

Para comprar, basta fazer uma pré-autorização do cartão de crédito no valor de 30 euros, antes de entrar na loja. Caso as compras excedam esse valor, deverá ser pago o suplemento. Ao sair, todos os produtos adquiridos são exibidos num ecrã e o cliente deve confirmar que está tudo correto.

O sistema de deteção baseia-se unicamente em sensores e inteligência artificial, que medem com precisão o peso dos artigos na prateleira e identificam os que são criados.

 

Expansão

De acordo com a LSA, o Casino prevê implementar uma dezena destas lojas no período de um a dois anos. Cada Black Box estará associada a uma loja Monoprix, que fará a sua gestão em termos de manutenção e reposição.

Espaços de elevado tráfego, como os aeroportos, estações de comboio, campus universitários ou hospitais, são os mais interessantes para a instalação deste modelo.

Plant Based

Mais de 100 mil consumidores defendem manutenção de termos cárnicos em produtos vegetarianos

Fastio centenário

Água do Fastio assinala edição comemorativa do seu centenário