in

Bel cresce a dois dígitos

O Grupo Bel encerrou o primeiro semestre com vendas de 1.666 milhões de euros, mais 14,9% que no período homólogo.

Este crescimento foi impulsionado pela consolidação da Mont-Blanc Materne (MOM), adquirida no ano passado e responsável por 14,1 pontos percentuais de melhoria. O crescimento orgânico foi de 1,2%, ao passo que o efeito das divisas teve um impacto negativo de 0,4%.

A Europa continua a ser o principal motor do negócio do grupo de lacticínios, com 908 milhões de euros de faturação, 19% mais. Na região da América e Ásia-Pacífico, o crescimento foi de 43,2%, para os 372 milhões de euros, mas em África e no Médio Oriente, as vendas caíram 9,5%, para os 386 milhões de euros.

O lucro líquido da Bel caiu 23,9% para os 85 milhões de euros. Para o segundo semestre, a empresa antecipa um encarecimento das matérias-primas, pelo que estima uma contração das margens.

Publicidade

Chocapic, Nesquik e Estrelitas oferecem 400 máquinas fotográficas

Incerteza quanto ao futuro da Spar no Reino Unido