in

Auchan, Carrefour e sindicatos unem-se no combate à Covid-19

Foto Shutterstock

A Rede Internacional de Sindicatos (UNI), a Auchan Retail e o Carrefour Group acabam de assinar uma declaração conjunta relativa à implementação de boas práticas comerciais em resposta à crise de saúde pública causada pela pandemia de Covid-19.

Com o mundo a enfrentar uma crise económica e de saúde sem precedentes, a Auchan Retail, o Carrefour e a UNI comprometem-se a comunicar e trabalhar juntos na partilha das melhores práticas para prevenir riscos associados à Covid-19. Juntos, decidiram estudar a implementação de todas as medidas úteis e apropriadas, com base em boas práticas de negócios, para prevenir, reduzir ou eliminar os riscos de contágio dos seus funcionários e clientes.

As medidas em questão referem-s à melhoria das regras de saúde e segurança recomendadas para todos os funcionários nos países em questão; a regras sanitárias para lojas, drives, entrega em domicílio e plataformas logísticas; a medidas de apoio social para funcionários e ao apoio a funcionários em situações especiais (por exemplo, trabalhadores com deficiência, grávidas). “Nesta crise de saúde sem igual, a nossa prioridade é a proteção dos nossos clientes e colaboradores. Este é o dever que assumimos para com as nossas equipas, que estão completamente alinhadas com a nossa missão de fazer todos os possíveis para continuar a alimentar as pessoas em todos os países em que operamos. A partilha de boas práticas nesta área e o trabalho conjunto com os nossos parceiros são oportunidades que iremos aproveitar através desta abordagem liderada pela UNI”, sublinha Marc Grosser, diretor de Recursos Humanos, Transformação e Responsabilidade Social da Auchan Retail.

Temos total consciência da importância do nosso papel enquanto serviço essencial. A nossa principal prioridade, desde o primeiro dia, tem sido a saúde das nossas equipas, bem como dos nossos clientes. É nisso que estamos a colocar toda a nossa energia. A partilha das nossas boas práticas de saúde e segurança é parte de uma vontade comum de fazer face a esta crise sem precedentes“, comenta, por sua vez, Jérôme Nanty, vice presidente executivo de Recursos Humanos do Carrefour Group.

Os colaboradores dos supermercados estão a colocar-se em risco, enquanto continuam a servir a população durante a pandemia. Agora, mais do que nunca, as empresas e os sindicatos precisam de trabalhar em conjunto para melhor proteger a saúde dos colaboradores e clientes dos supermercados, durante esta crise. Ao assinarem esta declaração, a Auchan e o Carrefour estão a liderar o caminho na luta contra a Covid-19, algo que outros deverão seguir”, afirma Christy Hoffman, secretário geral da UNI.

Publicidade

E.Leclerc bloqueia preços de 3.500 produtos de marca própria

Espaço Casa lança loja online