in

ASAE apreende mais de 3.300 litros de vinho

vinho

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu 1.856 garrafas de vinho com rótulos com a indicação da denominação de origem Bairrada, sem que esse vinho tivesse sido sujeito a certificação pela Comissão Vitivinícola da Bairrada, e ainda 292 bag-in-box com capacidade de cinco litros cada, utilizando as menções Fortaleza do Dão e Localiza-se na Região Vitivinícola Terras do Dão, constitutivas da Denominação de Origem Dão e da Indicação Geográfica Terras do Dão e sem direito à utilização de tais denominações.

Este foi o resultado da operação de fiscalização, realizada nas últimas semanas, através da Brigada Especializada dos Vinhos e Produtos Vitivinícolas da Unidade Regional do Centro – Unidade Operacional Coimbra, no combate à preparação, distribuição e comercialização ilegal de vinhos, nos concelhos de Anadia, Oliveira de Azeméis, Mortágua, Satão e Viseu.

 

Processo crime

Em sequência, foi instaurado respetivo processo crime por usurpação de denominações de origem e indicação geográfica, fraude sobre mercadorias e, ainda, processo de contraordenação por rotulagem indevida com utilização de menções não autorizadas.

No âmbito desta operação, foram ainda realizadas colheitas de amostras para aferição das características do vinho, bem como controlo de qualidade e genuinidade dos produtos.

champanhe

Laurent-Perrier recria “Ano Perfeito” em mais dois champanhes

obras

MELOM e Querido Mudei a Casa Obras crescem 32% em faturação no 1.º trimestre