in

América Latina e África vão liderar a produção agrícola na próxima década

A América Latina e África irão liderar o crescimento da produção agrícola nos próximos 10 anos, com taxas anuais de, respetivamente, 1,8% e 2,4%, segundo o relatório “Perspetivas Agrícolas 2015-2024” publicado pela FAO e pela OCDE.

A América Latina e os países do Caribe irão manter a liderança na expansão agrícola, graças à maior produtividade das culturas e ao aumento da área cultivada. A nível global, apesar da forte procura por produtos agrícolas, o aumento da produção é constrangido por fatores como as limitações dos terrenos de cultivo, as preocupações ambientais e mudanças ao nível das políticas.

As sementes oleaginosas e os cereais secundários já predominam na área cultivada na América Latina e nos países do Caribe, mas face à forte procura por estes produtos a área dedicada crescerá, em média, 1,2% e 0,7%ao ano, respetivamente, durante a próxima década. Já a área dedicada ao trigo expandir-se-á 0,6%.

O relatório faz uma menção especial ao Brasil, país que se espera que capte a maior parte do comércio agroalimentar, fruto do aumento da procura de importações, especialmente da Ásia. O crescimento da agricultura brasileira deverá ser impulsionado pelas melhorias na produtividade, maior rendimento das culturas, alguma conversão de pastos em terras de cultivo e uma produção mais intensiva de gado. As reformas estruturais e o apoio ao investimento, por exemplo, em infraestruturas, assim como os acordos comerciais que melhorem o acesso aos mercados internacionais, fomentarão as novas oportunidades.

Publicidade

China lidera venda online de alimentos

Efeitos de contágio da dívida grega deverão ser limitados