in

Worten cresce em Espanha “à custa” da Miró

A Worten está a negociar com a Miró a compra de algumas das suas lojas. A cadeia espanhola, com uma forte presença na Catalunha, vai encerrar dez pontos de venda e já terá chegado a acordo com a empresa portuguesa.

De acordo com o Economia Digital, a Worten tem conhecimento dos resultados da Miró, de modo a se proceder a uma avaliação dos ativos. Recorde-se que a insígnia da Sonae tem um ambicioso plano de expansão em Espanha e necessita de lojas, tanto no centro das grandes cidades como nas pequenas povoações.

Neste sentido, as duas cadeias estão a negociar a transferência de lojas, principalmente fora da Catalunha, onde a Miró irá encerrar boa parte dos pontos de venda. “Preferimos vender algumas lojas a outra cadeia do que encerrá-las e ter de despedir trabalhadores”, explica Matteo Buzzi, CEO da Miró.

A Worten não esconde estar atenta a oportunidades de mercado, como aconteceu quando a PC City fechou operações em Espanha em 2011. O mercado espanhol é estratégico para a empresa portuguesa, que recentemente abriu mais uma loja em Madrid, com 900 metros quadrados e assente no novo conceito omnicanal. Esta loja está localizada precisamente no lugar onde anteriormente existia um espaço PC City e nela foram investidos 500 mil euros.

Em junho, estão previstas mais duas aberturas, desta vez em Ávila e Palma. Com as dez inaugurações previstas para 2016, serão criados 200 empregos diretos.

Publicidade

Miró prestes a pedir insolvência pela terceira vez

Carrefour abre primeiro hipermercado no Quénia