drones
in

Walmart estuda criar uma criptomoeda e vender bens virtuais

A Walmart, maior cadeia de supermercados do mundo, revelou o seu interesse em criar uma criptomoeda e vender bens virtuais em várias aplicações de marca recentemente submetidas ao Gabinete de Patentes dos Estados Unidos da América, noticia a CNBC.

No final de dezembro, a retalhista entregou quase uma dezena de pedidos de patente ao regulador, em que afirma a sua intenção de lançar uma moeda virtual e uma coleção de ativos NFT (token não fungível), além de produzir e vender bens virtuais, como eletrodomésticos, vestuário, brinquedos ou produtos de cuidados pessoais.

 

Metaverso

A Walmart juntar-se-ia, assim, a uma crescente lista de empresas que se preparam para operar no metaverso,  uma realidade virtual imersiva, incluindo o Facebook, que mudou de nome para Meta por essa mesma razão.

A cadeia de supermercados evitou pronunciar-se sobre essa possibilidade num comunicado à comunicação social, no qual afirmou estar sempre “a explorar a forma como as tecnologias emergentes podem moldar futuras experiências de compra“, e sublinhou que faz pedidos de patente “rotineiramente” para continuar a inovar.

Compras de Natal

Ómicron impacta compras de Natal no Reino Unido

Economia

CEOs otimistas sobre perspetivas financeiras para 2022