in

Vinhos Borges adota sistema de rótulos eletrónicos

rótulos eletrónicos

A Vinhos Borges está entre as primeiras empresas portuguesas a implementar o sistema U-Label, um projeto europeu para rótulos eletrónicos de vinhos e bebidas espirituosas. Desta forma, garante o cumprimento da nova legislação, que obriga a apresentação da listagem de aditivos e declaração nutricional em todos os vinhos.

Aliando a tradição e a cultura vínica a uma ferramenta digital inovadora, em prol de um futuro melhor e mais transparente, arrancamos esta nova fase com o lançamento do Borges Quinta da Soalheira Tinto 2020. Apesar de apenas ser obrigatório a partir de dezembro de 2023, optámos por implementar imediatamente, porque considerámos ser uma plataforma relevante e necessária para uma total transparência com o consumidor”, refere Ana Montenegro, diretora de marketing da JMV – José Maria Vieira.

 

U-Label

A partir do dia 8 de dezembro, é obrigatório que os vinhos produzidos na União Europeia apresentem a lista de ingredientes e a declaração nutricional, com o objetivo de aumentar a transparência e o acesso à informação por parte do consumidor. A Vinhos Borges aderiu já ao U-Label, estando, assim, entre as primeiras empresas portuguesas a integrar o projeto.

Com o U-Label, os consumidores podem ter acesso à lista de ingredientes e informação nutricional, através de um código QR presente nos rótulos de cada vinho.

O primeiro vinho da Borges a entrar no mercado com este novo sistema é o Borges Quinta da Soalheira Tinto 2020, uma nova colheita que está disponível nas grandes superfícies, comércio tradicional, canal Horeca e na loja online da JMV.

P&G

Procter & Gamble reduz as vendas em 1% no 2.º trimestre fiscal

consumo

65% dos consumidores afirma que a personalização irá conquistar a sua fidelização em 2023