in

Vidigal Wines lança Boa Noite Lisboa Rosé 2019

Vidigal Wines

A Vidigal Wines, empresa produtora de vinhos com sede em Cortes, Leiria, acaba de lançar no mercado um vinho rosé da gama Boa Noite Lisboa, produzido com uvas de uma casta tinta nacional, o Castelão, e outra internacional, a Syrah.

Trata-se de um vinho “cristalino, de cor rosa salmão, com aroma intenso e fresco, onde se sentem notas florais a lembrar pétalas de rosa, mas também fruta vermelha, um ligeiro rebuçado e algum mineral“, descreve o produtor.  “Vinho com as características certas para ser servido como aperitivo, é bom parceiro de saladas, pizzas, cocktail de camarão, mariscos cozidos ao natural ou peixes brancos cozidos e grelhados“, aconselha.

A gama Boa Noite Lisboa, onde se integrou recentemente este vinho rosé, inclui também um branco da colheita de 2018, produzido com uvas das castas Arinto e Chardonnay, e um tinto da vindima anterior, de Syrah e Touriga Nacional.

 

Cidade viva

O conceito do Boa Noite Lisboa inclui vinhos regionais de Lisboa e pretende homenagear a vida noturna da capital portuguesa, “feita de gente que gosta de comer fora coisas como Peixinhos da Horta, Pataniscas de Bacalhau, Ovos Verdes, Ameijôas à Bulhão Pato, Iscas com Elas ou Bife à Marrare. Pessoas que gostam de ir à revista, ao cinema e ao teatro, de ouvir música num bar qualquer da cidade, de fazer uma pausa para escutar Lisboa numa casa de fado. E não esquece quem os recebe e serve, do pessoal de sala e de cozinha aos proprietários das casas, e os transporta, dos motoristas de táxi e da Carris aos maquinistas do metro e dos comboios suburbanos“. Todos são abrangidos num conceito que quer homenagear uma cidade viva, também à noite.

Do Boa Noite Lisboa Rosé, que chega agora ao mercado, foram produzidas 10 mil garrafas, que já podem ser encontradas em garrafeiras e nalguns restaurantes nacionais. Lá fora, a gama está a ser vendida em países como a Polónia, Brasil, Canadá, Suíça, França, Macau, Eslováquia, Bélgica, Reino Unido, Espanha, Alemanha, Lituânia, Rússia e brevemente em Angola, Japão, China e Vietname.

E-commerce

O impacto da pandemia no consumo online e as novas tendências para o futuro

CTT

CTT Criar Lojas Online com mais de mil lojas registadas