Pernod Ricard
in

Vendas da Pernod Ricard caem 8%

A Pernod Ricard encerrou o exercício fiscal de 2019/2020 com uma faturação de 8.448 milhões de euros, o que representa uma queda de 8% em relação ao ano anterior (9.182 milhões). Em termos orgânicos, a queda foi de 9,5%, com efeito desfavorável no câmbio devido à desvalorização do euro em relação ao dólar.

Além disso, o lucro líquido da fabricante francesa de destilados caiu 76% nos últimos doze meses, atingindo 350 milhões de euros.

Por região

As vendas da empresa na Europa caíram 5% ano-a-ano, totalizando 2.532 milhões de euros, enquanto na América a queda foi de 4%, ficando em 2.449 milhões.

A maior queda ocorreu na Ásia/Resto do Mundo, observando um decréscimo de 13%, com um volume de negócios de 3.467 milhões de euros.

A evolução das vendas orgânicas de todas as marcas da empresa tem resultado em números negativos, exceto Malibu (+5%) e The Glenlivet (+2%). Destacam-se as quedas homólogas de Martell (-20%), Absolut (-11%), Chivas Regal (-17%), Ballantines (-8%), Beefeater (-7%) ou Havana (-6%).

Em relação ao quarto trimestre do ano, as receitas da Pernod Ricard totalizaram 1.238 milhões de euros, 38% menos que no mesmo período do ano anterior. Nesse caso, todas as regiões onde a fabricante francesa opera sofreram quedas de dois dígitos: Europa (-27%), América (-30%) e Ásia/Resto do Mundo (-53%).

Epson

Epson lança software de diagnóstico e serviço remoto para impressoras

marcas próprias

O consumo pode voltar aos níveis de antes da quarentena?