in

Vendas da Jerónimo Martins terão subido 6% em 2018

Os analistas do BPI estimam que as vendas da Jerónimo Martins tenham aumentado 6%, em 2018, para os 17.306 milhões de euros.

A nota de “research” citada pelo Negócios aponta um quarto trimestre “difícil” na Polónia, que mesmo assim não inibiu a empresa liderada por Pedro Soares dos Santos de crescer 4%, para os 4.506 milhões de euros. “Estamos à espera de um LfL [crescimento das vendas numa base comparável] de 1% na Polónia no quarto trimestre, o que poderá ser uma estimativa conservadora considerando a evolução positiva das vendas na área do retalho alimentar em outubro e novembro“, pode ler-se na nota.

As vendas totais na Polónia terão crescido 2%, para os 3.032 milhões de euros no último trimestre, e 5% no conjunto do ano, atingindo os 11.664 milhões de euros.

No mercado português, segundo o BPI, no quarto trimestre, as vendas comparáveis do Pingo Doce terão aumentado 1,5% e as totais 3%, para os 1.002 milhões de euros. No conjunto do ano, a subida do volume de negócios terá sido de 4%, para os 3.831 milhões de euros.
Quanto ao Recheio, as estimativas apontam para um crescimento “like for like” de 3,5%, “suportado pelo canal Horeca e o bom momento do consumo interno, que tem ajudado o segmento tradicional“.
Finalmente, na Colômbia, as vendas terão crescido 49% entre outubro e novembro.

Publicidade

Publicidade

Apple perde força no mercado de smartwatches

Lidl vai abrir loja na IKEA