in

UE pede à indústria das bebidas para harmonizar a rotulagem

A Comissão Europeia lançou uma publicação sobre a rotulagem obrigatória da lista de ingredientes e declaração nutricional das bebidas alcoólicas.

Bruxelas insta a indústria das bebidas a propor, no prazo de um ano, a ter uma abordagem uniformizada.

O regulamento europeu sobre o abastecimento de informação alimentar aos consumidores entrou em vigor em dezembro de 2014 e contempla normas sobre a inclusão de ingredientes e uma declaração nutricional. Estas normas são obrigatórias para todos os alimentos, incluindo as bebidas alcoólicas.

Não obstante, existe uma exceção para as bebidas que contenham mais de 1,2% de álcool por volume. Para estas, a rotulagem tem de cumprir uma série de requisitos tipificados em distintas normas europeias e nacionais, entre as quais a denominação de venda da bebida (por exemplo, whisky ou licor) e os ingredientes que possam causar alergias ou intolerâncias e que se utilizem na elaboração ou fabrico do produto e se mantenha presente após a destilação, embora de forma modificada. Também a quantidade líquida do produto e as condições especiais de conservação ou utilização, caso existam, devem ser especificadas, assim como a identificação e contactos do produtor ou distribuidor, o teor de álcool e número de lote.

Publicidade

Portugueses levam produtos de maior valor e exigem mais inovação

Media Markt lança site transacional em Portugal