in

Taxas sobre as vendas podem levar ao aumento dos preços ao consumidor

Os impostos sobre o sector do retalho propostos pelos Estados-membros da União Europeia deverão colocar alguns operadores fora de negócio e levar ao aumento dos preços ao consumidor, alerta o EuroCommerce.

Recentemente, a Lituânia propôs uma taxa de 1% sobre as vendas ao consumidor aos negócios com uma faturação mensal acima dos dois milhões de euros. Antes disso, a Hungria, a Polónia e a Eslováquia também propuseram taxas baseadas nas vendas.

Segundo Christian Verschueren, diretor geral do EuroCommerce, “os negócios de retalho são muito próximos do consumidor e, especialmente no alimentar, operam com margens muito baixas, de 1% a 3%. Simultaneamente, os retalhistas são fortes geradores de emprego e apoiam as comunidades e negócios locais. Em média, 70% dos produtos que vendem são de fornecedores locais. As taxas sobre as vendas irão levar os retalhistas a absorver os custos, renegociar as condições com os fornecedores ou aumentar os preços ao consumidor”.

Mango chega a Angola

DPD Portugal assina Pacto de Mobilidade Empresarial para a cidade de Lisboa