in ,

Symington testa robots na vinha

Os produtores de vinho do Porto Symington Family Estates ajudaram a testar um novo robot, que foi projetado para áreas onde existe escassez de mão-de-obra.

O novo robot é chamado VineScout e é o resultado de um esforço cooperativo entre duas universidades espanholas, Valência e La Rioja, a empresa francesa Wall-YE Robots & Software, a britânica Sundance Multiprocessor Technologies e a Symington Family Estates, com financiamento do esquema “Fast Track to Innovation” da União Europeia 2020.

Projetado para ser autónomo e capaz de monitorizar a temperatura e fazer outras leituras, para ajudar os viticultores e vinicultores na gestão de vinhas, o robot vai ser implantado em áreas onde a existe escassez de mão-de-obra devido aos movimentos migratórios, um problema real nas zonas rurais de Espanha e em Portugal.

O VineScout foi testado em campo no Quinta do Ataíde Grape Variety Project da Symington, no final de agosto. A Symington faz parte do consórcio paneuropeu de cinco membros que está a desenvolver o robot num período de três anos. O consórcio espera ter o VineScout pronto para produção em série a partir de 2019/20.

Publicidade

Já é possível pagar com um sorriso

Ceconomy cresce via online