in

Steinhoff e Shoprite não chegam a acordo para fusão

Após a rejeição de Unilever da oferta de compra apresentada pela Kraft Heinz, outra operação de grande escala no sector da distribuição foi um mal sucedida.

Neste caso, o conglomerado Steinhoff, que detém cadeias como Poundland ou Conforama, e o retalhista Shoprite, ambos sul-africanos, anunciaram o fim das negociações que iria combinar os seus negócios em África. Se chegassem a um acordo, teriam criado o maior retalhista no continente.

Num comunicado conjunto, as duas empresas indicaram que as negociações fracassaram depois de não conseguirem chegar a um acordo com os acionistas sobre os termos da transação.

Assim, é frustrada a proposta de criação da Retail África, um gigante da distribuição global dirigido pelo magnata Christo Wiese, o quarto homem mais rico da África do Sul e com influência em ambas as explorações.

Publicidade

Publicidade

Starbucks vai abrir 300 estabelecimentos em Itália

Inflação da zona do euro sobe para 1,8% em janeiro