in

STEF fatura 1.062 milhões de euros no 2.º trimestre

STEF

A STEF, especialista em transporte e logística de produtos alimentares com temperatura controlada, anuncia um volume de negócios de 1.062 milhões de euros, no segundo trimestre, num crescimento de 17,6%.

Segundo a empresa, trata-se de “um trimestre que beneficiou do bom dinamismo do consumo alimentar, em abril e maio, bem como da integração de empresas recentemente adquiridas“.
No entanto, o contexto geopolítico e económico foi “ainda marcado por fortes incertezas, que se deverão manter até ao final do ano“.

O grupo afirma ainda que registou uma dinâmica de crescimento na maior parte das suas áreas geográficas, devido ao forte consumo alimentar no início do trimestre, ao impacto do crescimento externo e aos vários desenvolvimentos imobiliários (novas instalações e extensões) que ocorreram nos últimos meses.

 

STEF França

O segmento dos produtos frescos registou uma boa dinâmica, mas, no final do trimestre, sentiu-se uma desaceleração nos volumes, devido aos efeitos da inflação.

As atividades da restauração regressaram às tendências anteriores à crise sanitária e beneficiaram do arranque de novos clientes. Por sua vez, as atividades de retalho foram afetadas por uma queda nos volumes, em particular no comércio eletrónico.

A atividade dos produtos congelados registou uma queda na taxa de ocupação dos seus armazéns.

 

STEF Internacional

No Reino Unido, com um volume de negócios de 53 milhões de euros no segundo trimestre, as atividades da empresa Langdons, adquirida a 31 de dezembro de 2021, contribuíram significativamente para o aumento do volume de negócios, a nível internacional.

Em Espanha, o grupo registou um forte crescimento dos seus volumes, que se mantém com a aproximação da época estival.

Nos Países Baixos, o grupo registou uma forte dinâmica das suas atividades internacionais destinadas aos países europeus.

 

Atividades marítimas

Na linha Marselha-Tânger, embora a atividade de transporte de passageiros tenha retomado após o levantamento das restrições associadas à crise sanitária, as taxas de ocupação de passageiros e mercadorias permaneceram aquém das previsões.

A atividade da La Méridionale esteve de acordo com as previsões para a Córsega. A empresa está “plenamente mobilizada na sua resposta ao concurso para o contrato de serviço público para o serviço marítimo de 2023-2029 para a Córsega“.

remodelações

Portugal sem mão-de-obra para remodelações e obras em casa

About You

About You, YOOX Net-A-Porter e Zalando lançam iniciativa climática conjunta