in , ,

Starbucks planeia abrir 2.500 cafetarias na China em cinco anos

A Starbucks quer abrir cerca de 500 cafetarias por ano, nos próximos cinco anos, na China, mercado onde já possui cerca de dois mil pontos de venda.

Numa entrevista ao The Wall Street Journal, Howard Schultz, diretor executivo da Starbucks, reiterou a confiança no futuro da economia chinesa. No último trimestre, as vendas da Starbucks na China e região da Ásia-Pacífico atingiram os 652,2 milhões de dólares, duplicando o valor obtido no ano anterior.

A cadeia de cafetarias espera que a China seja, a prazo, o seu maior mercado. Enquanto as vendas de outras empresas de alimentação e bebidas estrangeiras têm vindo a cair no mercado chinês, casos da Yum Brands, proprietária da Pizza Hut e KFC, ou da fabricante de chocolates Hershey, as da Starbucks continuam em crescendo.

Publicidade

Costco recorre cria rede própria de TV 4K para potenciar venda de mais televisores

Nestlé em processo por alegada promoção da escravatura infantil na Costa do Marfim