in

Smurfit Kappa reduz as emissões de CO2 com sistema de vapor

A Smurfit Kappa criou na sua fábrica de papel de Roermond, na Holanda, uma tecnologia que leva as máquinas produtoras de papel reciclado a otimizar o uso do vapor.

O projeto, que faz parte de um programa ainda em curso para reduzir a energia intensiva e o CO2 na fábrica, e que conseguiu uma redução de emissões de CO2 de 23% desde 2005, foi destacado como um exemplo de sustentabilidade. Durante 2018, foi reduzida a pegada de CO2 dos processos de produção da fábrica de Roermond em mais de 3%.

A fábrica da Smurfit Kappa, situada na localidade holandesa, produz papel reciclado para as embalagens de cartão canelado, empregando para tal três máquinas que utilizam vapor durante o processo. Até à instalação da nova tecnologia, só uma parte do vapor residual de duas delas era reutilizado. Esta ineficiência foi corrigida quando, como parte do projeto da fábrica para reduzir as suas emissões de carbono, foram integrados os sistemas de vapor das três máquinas com um sofisticado sistema de controlo. A tarefa não foi fácil, já que as máquinas funcionam a diferentes velocidades, utilizando diversos pesos de papel.

Uma vez conseguida a integração, o projeto foi apresentado no Parlamento Europeu como parte do plano da Confederação de Indústrias Papeleiras Européias (CEPI) “Até às nossas raízes e mais além: RE-INVEST 2050”, que tem como meta potenciar a inovação para conseguir reduzir as emissões de carbono na indústria da fibra florestal e do papel na Europa.

Wim Janssen, tecnólogo de energia e produção da fábrica holandesa, explica que, depois de realizar uma análise detalhada dos processos, em Roermond conseguiram “reutilizar o excesso de vapor de duas das máquinas na terceira, uma melhoria graças à qual diminuiu o consumo de gás na fábrica e as emissões de CO2 foram reduzidas em 4.500 toneladas em 2018”.

Relatório europeu sobre equilíbrio entre saúde, ambiente e economia é apresentado em Lisboa

Região Demarcada dos Vinhos de Lisboa quer ser a mais rentável do país em 2050