in

Sector de logística apresenta o valor de renda mais alto desde 2012

Os valores de renda para o sector industrial e logístico observaram uma evolução muito ligeira, com o índice de arrendamento efetivo líquido a permanecer em terreno muito estável nos últimos seis meses.

De acordo com a Worx, nos principais mercados europeus, os arrendamentos considerados prime aumentaram apenas 6% nestes últimos cinco anos.

Desde o início de 2017 as rendas têm continuado a aumentar ligeiramente nos mercados de Berlim, Bucareste, Praga, Polónia central, Países Bálticos, Milão e Lyon, entre outros, que têm estado a aproximar-se dos mercados “core”. O crescimento nos valores de renda praticados permanece, em geral, bastante subtil, com o primeiro trimestre a registar estabilidade no mercado europeu.

Em Portugal, não deverão ser observadas oscilações dignas de nota ao nível das rendas prime. Perante a falta de oferta nova, o mercado deverá acusar a pressão e verificar-se um ligeiro aumento das rendas em produtos secundários.

O desenvolvimento económico na Zona Euro começou a apanhar ritmo. Apesar do primeiro trimestre ter registado uma pequena desaceleração, a taxa de crescimento real o verificou uma rápida recuperação (+0,4%).

No Reino Unido (+0,1%), onde a incerteza sobre o Brexit se mantém, o crescimento baixou consideravelmente. Para o ano de 2018 é possível antecipar uma tendência de crescimento para a Zona Euro  (+2,2%) e um crescimento médio para o Reino Unido de (+1,5%).

O aumento de ritmo no crescimento económico vai provavelmente ser acompanhado com uma melhoria nas taxas de inflação.

Publicidade

Kit Kat personaliza chocolates

Starbucks vai abrir a sua flagship store no Porto