in

Rota dos Vinhos do Alentejo com novo ponto de partida num investimento de 600 mil euros

A CVRA (Comissão Vitivinícola Regional Alentejana) acaba de anunciar a criação de um novo espaço para a Rota dos Vinhos do Alentejo, com o objetivo de elevar o posicionamento do vinho da região.

Rota dos Vinhos do Alentejo ganha, assim, um novo ponto de partida, muito mais acessível, situado no “coração” de Évora, perto da Praça do Giraldo, da Sé e do Templo Romano, num espaço que promete ser o cartão-de-visita aos Vinhos do Alentejo.

Este é um projeto aprovado e que contará com o apoio do Turismo de Portugal, através do Programa Valorizar – Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, e que conta com um investimento de 608 mil euros, com 320 mil de apoios da União Europeia.

O conceito criado para este novo espaço pretende, acima de tudo, levar os consumidores a viverem uma experiência – mais do um espaço de provas de vinho, este deve ser um espaço onde sentem a essência do que é o Alentejo. Será um espaço mais moderno, mais interativo e com recurso à multimédia, onde vamos dar um forte destaque ao enoturismo, ajudando desta forma a divulgar os 65 produtores aderentes à Rota dos Vinhos do Alentejo,” comenta Francisco Mateus, presidente da CVRA.

Para além do enoturismo, outra área que vai merecer igual destaque será a da sustentabilidade. O espaço vai também disponibilizar informações sobre a história dos vinhos do Alentejo, tradições e características da região em termos de solos, clima, castas e meio ambiente. Todas estas componentes serão apresentadas no piso térreo do espaço, onde os consumidores poderão viver a essência do Alentejo, cheirar algumas das castas, fazer provas, assistir a filmes vínicos e conhecer as localizações das unidades de enoturismo da região através de um mapa interativo. O primeiro andar do espaço está destinado a eventos, formações e cursos de prova.

Queremos com este projeto que cada vez mais pessoas conheçam o Alentejo, os produtores, os seus vinhos e a sua história. Queremos que este local seja o ponto de partida dessa viagem. São cada vez mais os turistas que visitam a região mas também aqueles que querem visitar e conhecer os produtores de vinho. É, por isso, que sabemos que enoturismo ocupa hoje um lugar de enorme importância, é um produto complementar ao vinho e juntos tornam-se numa experiência única,” acrescenta Francisco Mateus.

Publicidade

AEP está na Alemanha a promover o sector automóvel nacional

Epson EcoTank imprime durante 3 anos sem mudar a tinta