Mariana
in

Rocim homenageia história de amor entre freira de Beja e oficial francês

Mariana, os vinhos inspirados no clássico da literatura romântica universal

Foi na capital do Baixo Alentejo, Beja, que Mariana Alcoforado, freira em clausura no Convento da Conceição, se declarou ao seu amado, o francês Marquês de Chamilly.  “Bem vejo que te amo como louca. No entanto, não me queixo de toda a violência dos arrebatamentos do coração”.

Este amor que a religiosa nutria pelo oficial que lutava na Guerra da Restauração, no século XVII, causou escândalo e chegou aos nossos dias através das cinco Cartas Portuguesas que Sóror Mariana escreveu. A história aconteceu bem perto das vinhas da Herdade do Rocim, de onde se vê, ao fundo, a torre do Castelo de Beja.

 

Mariana

Inspirados por este clássico da literatura romântica universal, os enólogos Pedro Ribeiro e Catarina Vieira, decidiram eternizar a história numa gama de vinhos Herdade do Rocim, aos quais deram o nome da freira, Mariana.

Branco, tinto e rosé, a empresa reforça a presença no mercado do Mariana em fevereiro.  Cerca de 100 mil garrafas vão estar disponíveis nas principais garrafeiras do país e na loja online, em www.rocim.pt.

A acompanhar o vinho, a Herdade do Rocim junta um conjunto de postais, assinados pelo ilustrador Bruno Gaspar, que contam a trágica história de amor.

 

Público mais alargado

Colocada à venda a partir dos sete euros por garrafa, a gama Mariana marca a vontade da Herdade do Rocim de apostar num vinho acessível a um público mais alargado, permitindo alcançar consumidores em vários segmentos. “É o vinho mais acessível da marca Herdade do Rocim. Quisemos democratizar o acesso a esta história de amor e, ao mesmo tempo, lançar uma gama que tem todo o potencial para crescer em volume”, adianta Pedro Ribeiro.

Portugal é a aposta forte da empresa com a gama Mariana, neste início de 2022, mas países como Estados Unidos da América, Suíça e Brasil já se deixaram encantar pela história da freira que se perdeu de amores por um oficial francês. A Herdade do Rocim conta exportar 400 mil garrafas e 100 mil para o mercado interno. Se se confirmarem as previsões, a gama vai representar uma faturação de 1.900 mil euros, em 2022.

Site SCC

Central de Cervejas com novo site institucional

Mavem garrafas+tubos

 Portfolio Vinhos com distribuição da Mavem e Rumar