in

Rendimentos dos CTT estabilizam no 1.º trimestre

Os rendimentos operacionais dos CTT estabilizaram no primeiro trimestre, nos 176,9 milhões de euros, valor semelhante ao do período homólogo do ano anterior.

Os rendimentos dos serviços financeiros cresceram 31,1%, para os 7,8 milhões de euros, em resultado da continuação da importante recuperação da colocação dos títulos de dívida pública, iniciada em novembro de 2018. O  Banco CTT apresentou um crescimento dos rendimentos de 18,9%, para os nove milhões de euros, sobretudo devido ao crescimento da margem financeira e das comissões recebidas.

Nos rendimentos do Expresso & Encomendas, os CTT registaram um aumento de 2%, para os 36,7 milhões de euros, e os rendimentos do Correio e Outros registaram uma queda de 3,2%, para os 123,3 milhões de euros. Esta redução deve-se à queda do tráfego de correio endereçado, pressionada por alterações no calendário de envio dos avisos de IMI do primeiro para o segundo trimestre, alteração que também se verificará do terceiro para o quarto trimestre, atenuada pela evolução positiva do mix de produtos (crescimento das receitas do correio registado e do correio internacional) e pelo aumento dos preços do serviço universal em 4,7% face ao período homólogo.

Os gastos operacionais apresentaram um crescimento de 1,1%, totalizando 155,9 milhões de euros, devido ao aumento dos gastos diretos da atividade nas áreas de negócio do Expresso e Encomendas e do Banco CTT, verificando-se reduções nas áreas de negócio do Correio e Outros e serviços financeiros, resultantes da implementação do plano de transformação operacional.

O EBITDA, apesar do crescimento das áreas de negócio dos serviços financeiros (mais 2,5 milhões de euros) e do Banco CTT (mais 0,3 milhões de euros), situou-se nos 21 milhões de euros, numa queda de 7,5% em comparação com o período homólogo. A redução é justificada pelo desempenho do Correio e Outros e do Expresso & Encomendas.

Johnson’s Baby apresenta nova gama desenvolvida para o recém-nascido

Adega de Monção conquista medalha Grande Ouro na gala de prémios do Concurso Vinhos Portugal