in

Quinta da Boeira propõe nova categoria de vinho do Porto

Foto Shutterstock

A Quinta da Boeira propôs ao Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP) uma nova categoria de vinho do Porto para os vinhos Vintage e Late Bottled Vintage (LBV) acabados de colher na vindima.

Por norma, estas colheitas terão que aguardar dois a quatro anos para serem comercializadas. Assim, segundo adiantou à Lusa o administrador da Quinta da Boeira, Arte e Cultura, a criação da categoria que Full Body – Young Harvest permitiria à região um encaixe financeiro imediato de 30 milhões de euros. “Temos vindo a verificar que, para uma grande maioria dos clientes, agentes e jornalistas que nos visitam no período de vindima, ao provarem os vinhos do Porto selecionados para a qualidade Vintage e LBV, estes merecem uma aprovação generalizada no tocante à qualidade, havendo, inclusive, alguns que propõem a sua compra imediata”, afirma Albino Jorge. “Isto fez-nos perceber que podemos ter uma boa opção de encaixe financeiro imediato para o sector“.

De acordo com o responsável, a proposta agora apresentada ao IVDP aponta a vindima de 2022 para início da comercialização desta nova categoria.

Publicidade

cerveja

El Corte Inglés, Oitava Colina e associação Crescer lançam cerveja à base de sobras de pão

LLYC

Qual o nível de transformação digital das empresas?