in , ,

Produtos alimentares impulsionam vendas a retalho

As vendas no sector do comércio a retalho aceleraram no mês de novembro, beneficiando de um impulso especial no consumo de produtos alimentares face ao ano passado.

Segundo números divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o índice de vendas no comércio a retalho cresceu 4,3% em novembro de 2016 face ao mesmo mês de 2015. Este salto face ao ano passado já se vinha verificando nos meses anteriores,  mas em novembro foi maior do que em outubro, com os 4,3% a compararem com os 3,9% de outubro, assinala o INE.

Esta subida é transversal a todo o tipo de comércio a retalho, mas o instituto de estatística assinala o desempenho destacado dos produtos alimentares, com o índice a subir 4,6% face a novembro de 2015. Nos produtos alimentares houve também um aumento de 4% em termos homólogos, a mesma evolução que já havia sido registada em outubro.

Já quando comparado em cadeia, isto é, face a outubro deste ano, o índice de volume de negócios no comércio a retalho registou globalmente uma diminuição de 1,3%.

Publicidade

Banco Alimentar recebe 65 toneladas de arroz resultado da reciclagem de cápsulas de café

Discount e e-commerce roubam vendas aos operadores de retalho “mainstream”