in

Produção mundial de vinho cai para o nível mais baixo dos últimos 50 anos

A produção mundial de vinho deverá cair para o nível mais baixo dos últimos 50 anos, devido às geadas que afetaram França, Espanha e Itália na primavera e no verão.

De acordo com a estimativa inicial da Organização da Vinha e do Vinho, a produção irá cair para 246,7 milhões de hectolitros, ficando 8% abaixo de 2016. Aqueles três países são dos maiores produtores de vinho do mundo, pelo que qualquer perda que possam sofrer tem efeitos imediatos nas estatísticas mundiais.

A Comissão Europeia tinha já indicado que espera que a produção na Europa esteja ao nível mais baixo dos últimos 36 anos. A Organização da Vinha e do Vinho confirma que Itália vai sofrer uma queda de 23%, que em França será de 19% e que em Espanha será de 15%.

A qualidade não deverá ser impactada pelas menores colheitas. Apesar das geadas que afetaram muitas regiões europeias no arranque do ano, a restante época beneficiou de boas condições climatéricas.

Publicidade

Diretor executivo da Inditex é o melhor CEO do mundo

Justiça europeia dá razão à Gullón em caso de marcas registadas