in

Preços dos alimentos caem em outubro

Os preços internacionais dos alimentos caíram, em outubro, para o seu nível mais baixo desde maio. De acordo com o índice da FAO, a descida dos preços dos lacticínios, carne e óleos vegetais compensou a subida dos do açúcar.

O índice atingiu, assim, a média de 163,5 pontos, menos 0,9% que em setembro e 7,4% abaixo do ano anterior. Os lacticínios lideraram a descida generalizada, caindo 4,8% face ao mês de setembro e 34% relativamente ao máximo atingido em fevereiro de 2014. 

Já o preço da carne diminuiu 2% em relação a setembro, devido ao stock abundante para a exportação, e o dos óleos vegetais caiu 1,5%, o que representa a nona descida mensal consecutiva, alcançando o nível mais baixo desde abril de 2009. 

Em contrapartida, o preços dos cereais aumentou 1,3% face a setembro, devido à subida do milho nos Estados Unidos da América, e o do açúcar escalou 8,7%, resultado das perspetivas negativas de produção associadas ao clima na Índia e na Indonésia, assim como as indicações de maior proporção de produção de cana de açúcar do Brasil usada produzir etanol. 

Publicidade

Publicidade

Centennials, a próxima geração de consumidores

Embalagens descartáveis de bebidas passam a ter depósito