in ,

Portugueses engordaram 5 kg em média

Sedentarismo é principal causa para maus hábitos alimentares

Foto Shutterstock

Os portugueses engordaram, em média, cinco quilogramas desde o início da pandemia, que provocou maus hábitos alimentares e ausência de exercício físico, conclui um estudo da Fixando, que inquiriu 6.400 utilizadores da plataforma, entre os dias 18 e 24 de março, sobre os hábitos alimentares durante a pandemia.

O inquérito diz ainda que 45% dos inquiridos considera que a pandemia é a grande causadora do aumento de peso e só 17% emagreceu, sendo que a média perdeu seis quilogramas.

Este aumento de peso deve-se, maioritariamente, à alteração nos hábitos alimentares, pois 30% afirma ter, durante o confinamento, uma alimentação muito menos saudável do que tinha numa altura pré pandemia”, explica Alice Nunes, diretora de Desenvolvimento de Negócio da Fixando.

Os inquiridos (26%) indicaram também que não praticaram qualquer exercício físico no período de pandemia, apesar de reconhecem que este é fundamental para a saúde.

 

Nutricionistas

Os registos na procura por nutricionistas, segundo a plataforma nacional para a contratação de serviços profissionais, sofreram uma quebra de 191%, quando comparado com o período homólogo em 2020.

As dificuldades financeiras que os portugueses estão a enfrentar fazem com que apenas 18% tenha capacidade monetária para recorrer a um nutricionista, cuja consulta custa em média 29 euros”, conclui a mesma responsável.

Publicidade

Consumo

Revenge spending à vista?

NOVA APP SUPER

Supermercado do El Corte Inglés simplifica as compras online com nova aplicação