in

Portugal foi o país da zona euro com o maior crescimento no primeiro trimestre

Foto Shutterstock

Portugal registou o maior crescimento (11,9%), em termos homólogos, no primeiro trimestre, superando largamente a média da zona euro (5,1%), revelam os dados do Eurostat. Relativamente ao trimestre anterior, a economia portuguesa apresenta o segundo maior crescimento, cerca de 2,6%, apenas superado pela Roménia, que evoluiu 5,2%.

Em termos homólogos, o segundo maior crescimento ocorreu na Áustria (8,7%) e o terceiro na Hungria (8%).

No primeiro trimestre, e comparativamente ao último de 2021, o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,3% na zona euro e 0,4% no conjunto da União Europeia, embora os dados do Eurostat sejam uma estimativa rápida, uma vez que falta ainda apurar os dados de algumas economias, nomeadamente, Estónia, Irlanda, Grécia, Croácia, Luxemburgo, Malta e Eslovénia.

 

Previsões

O Eurostat vem assim confirmar as Previsões da Primavera da Comissão Europeia, onde Portugal tem a expectativa de melhor desempenho em 2022, estimando-se um crescimento de 5,8%. Bruxelas reviu em alta a previsão para o crescimento da economia portuguesa em 0,3 pontos percentuais, acima dos 5,5% de fevereiro, antes da invasão russa da Ucrânia.

Paolo Gentiloni, comissário europeu da economia, atribuiu este nível de crescimento à retoma mais lenta que o país registou em 2021, em comparação com outros países da União Europeia, e à forte recuperação do turismo internacional.

Também o Fundo Monetário Internacional (FMI) atualizou as previsões de crescimento para Portugal para os 4,5%.

Publicidade

TouchPoint Consulting aborda a inovação do laboratório à loja

Trigo

Cotação do trigo bate recorde