in

Pernod Ricard vai continuar a desinvestir de algumas marcas

Alexandre Ricard, presidente e CEO da Pernod Ricard, confirmou que a multinacional francesa vai continuar a desinvestir de marcas que não façam mais sentido no seu portfólio.

Vendemos a nossa marca Graffigna ao grupo VSPT, no mês passado, como parte dos nossos planos para desinvestir nas referências de volume focadas no preço. Estamos comprometidos com uma estratégia de valor e iremos continuar a desfazer-nos de marcas que não se enquadrem na mesma. Os nossos volumes de vendas de vinho caíram 8%, devido a esta estratégia, que não receamos em perseguir. As vendas em valor estão em crescimento”, indicou.

Refreando as especulações quanto a uma potencial fusão com outra empresa de bebidas, Alexandre Ricard sublinhou que o grupo está para ficar e continuará a ser um ator de consolidação.

À margem da apresentação dos resultados, o CEO da Pernod Ricard revelou ainda que estão a “monitorizar seriamente” o crescimento do mercado das bebidas com canábis. “Estamos a analisar os dados e a observar o mercado, tanto nos Estados Unidos da América como no Canadá. Não existe qualquer evidência de que a legalização da canábis irá canibalizar as vendas de bebidas espirituosas premium, contudo, poderá ter impacto no segmento mais baixo e na cerveja”.

Publicidade

Publicidade

Santos e Vale abre nova plataforma em Castanheira do Ribatejo

L´Oréal com o melhor crescimento de vendas em mais de 10 anos