PepsiCo fecha fábrica em Espanha

A PepsiCo vai fechar a fábrica de engarrafamento que tem em Marratxí, em Palma de Maiorca, uma decisão que comunicou ao Conselho Municipal desta cidade.

A fábrica permanecerá aberta durante um mês ou um mês e meio, conforme relatado pelo Diario de Mallorca. A cidade de Marratxí está disposta a colaborar com a empresa para encontrar uma solução para os trabalhadores da unidade, que está em atividade desde 1963.

A multinacional norte-americana estabeleceu uma linha de diálogo com os funcionários e os seus representantes, para “chegar a um acordo que reconheça os 27 trabalhadores pela sua constante dedicação e compromisso“, indica em comunicado. A PepsiCo alega que o centro “está a enfrentar uma confluência de dificuldades, que torna inviável a sua continuidade“, recorda que está a registar níveis baixos de utilização da sua capacidade e representa uma instalação pequena e “ultrapassada“. Acresce a sua localização, no centro urbano de Marratxí, o que significa “uma série de limitações técnicas e operacionais“.

No entanto, a empresa esclarece que as Ilhas Baleares “ainda são um mercado importante“. Nesse sentido, a medida afetará os 27 trabalhadores da fábrica de engarrafamento, mas não a equipa de aproximadamente 70 pessoas na área comercial que a PepsiCo possui nas ilhas.

Além disso, a empresa recorda que a cessação da atividade da fábrica não afeta nenhuma outra unidade dos seus negócios em Espanha, onde atualmente emprega cerca de 2.500 pessoas entre fábricas, vendas e escritórios.

Publicidade

Publicidade

Fralda de bebé made in Portugal eleita a melhor pelos consumidores

Kroger testa lineares que comunicam com os clientes