in ,

PepsiCo anuncia mudança estratégica pep+

A PepsiCo de lançar a pep+ (PepsiCo Positive), uma mudança estratégica a todos os níveis, com a sustentabilidade como elemento central, de forma a criar crescimento e valor, operando dentro dos limites do planeta e inspirando mudanças positivas.

A pep+ (PepsiCo Positive) orientará a forma como a PepsiCo vai transformar as suas operações de negócios, desde a obtenção de ingredientes e fabricação e venda de seus produtos de uma forma mais sustentável, até alavancar as suas mais de mil milhões de ligações com consumidores a cada dia. “A pep + é o futuro da nossa empresa – uma transformação fundamental do que fazemos e como o fazemos para criar crescimento e valor partilhado com sustentabilidade e capital humano como fatores centrais. Isso reflete uma nova realidade de negócios, onde os consumidores estão a tornar-se mais interessados no futuro do planeta e da sociedade ”, afirma Ramon Laguarta, presidente e CEO da PepsiCo. “A pep + mudará as nossas marcas e a forma como elas ganham no mercado. Por exemplo, imaginemos que Lay’s começa com uma batata cultivada de forma sustentável num campo regenerativo e, em seguida, é cozida e distribuída a partir de uma cadeia de abastecimento emissões zero e zero consumo de água, vendida num saco bio-compostável, com os níveis mais baixos de sódio no mercado, na sua composição. Esta é uma escolha positiva. É a melhor degustação da batata frita número um  do futuro. É assim que a pep + será melhor para as pessoas, para o planeta e para o nosso negócio. Agora, imaginemos a escala e o impacto quando aplicado às nossas 23 marcas de biliões de dólares”.

Objetivos

A PepsiCo está a trabalhar no sentido de disseminar práticas regenerativas para restaurar a terra em toda a área agrícola da empresa (aproximadamente sete milhões de acres), fornecer colheitas e ingredientes essenciais de maneira sustentável e melhorar a subsistência de mais de 250 mil pessoas na sua cadeia de abastecimento agrícola. Esses objetivos já estão a ser concretizados na Europa, através da utilização da tecnologia da agricultura de precisão e da inovação em fertilizantes. “Em Portugal, acreditamos que o sucesso do nosso negócio depende também de um sector agrícola bem sucedido e sustentável, por isso, trabalhamos em estreita colaboração com os nossos agricultores, com os quais mantemos uma relação há mais de 15 anos. Geramos 516 empregos diretos em todo o país e investimos sete milhões de euros anuais em matérias-primas agrícolas. Atualmente, todos os ingredientes-chave da PepsiCo Portugal (batata e amendoim, no caso de Portugal) são de origem sustentável, um objetivo global definido para 2020 e que a PepsiCo em Portugal atingiu em 2018, com dois anos de antecedência”, detalha a empresa em comunicado.

A PepsiCo ajudará a construir uma cadeia de valor circular e inclusiva através de ações para alcançar emissões zero até 2040, tornar-se zero consumo de água, até 2030, introduzir embalagens mais sustentáveis na cadeia de valor, incluindo uma nova meta global de cortar o plástico virgem por fração em 50% no seu portfólio de alimentos e bebidas até 2030.

 

Portfólio

A PepsiCo continua a evoluir o seu portfólio de produtos de alimentos e bebidas, através da integração de ingredientes mais diversos em produtos alimentares novos e existentes, dando prioridade ao grão-de-bico, proteínas de origem vegetal e grãos inteiros.

A empresa encontra-se também a expandir sua posição na categoria de nozes e sementes, onde já é a líder global de marca, incluindo no México, China e vários mercados da Europa Ocidental.

Acelerar a redução de açúcares e sal adicionados em todo o seu portfólio, através de objetivos baseados na ciência e cozinhar os alimentos com óleos mais saudáveis, é outro dos seus objetivos, assim como continuar a dimensionar novos modelos de negócios que exigem pouca ou nenhuma embalagem de uso único, incluindo o seu negócio global SodaStream.

A PepsiCo acaba ainda de se associar à Foundation Earth para valorizar ambientalmente vários produtos alimentícios através dos seus rótulos frontais e, assim, promover a transparência para o benefício dos consumidores, ajudando-os a tomar decisões mais sustentáveis.

Esta é uma grande transformação para o nosso negócio. É o caminho mais acertado para o nosso planeta e para as pessoas, à medida que evoluímos o nosso portfólio e oferecemos escolhas positivas aos consumidores. Isso requer investimento a longo prazo, novas formas de envolvimento na nossa cadeia de valor e uma mudança de cultura para fazer as coisas de maneira diferente”, reforça Pol Codina, Country Manager da PepsiCo Portugal. “No entanto, queremos fazer mais. Precisamos colaborar com o governo e outras entidades para nos ajudarem a melhor garantir que temos a infraestrutura e os ecossistemas certos para ter sucesso, enquanto reinventamos a forma como os alimentos são cultivados, feitos e apreciados”.

Publicidade

Vichy

Vichy lança champô desenvolvido para atuar no couro cabeludo com tendência a psoríase

vinho

Vinho no formato pouch em exclusivo no Continente