in

Oliveira da Serra reforça compromisso na sustentabilidade

Oliveira da Serra

A Oliveira da Serra continua empenhada em prosseguir a sua estratégia na área de sustentabilidade, reforçando, agora, este compromisso ao apresentar duas novas iniciativas, que vão ao encontro da visão em aplicar as melhores práticas ao longo de toda a cadeia de valor.

As iniciativas estão ambas inseridas na estratégia de sustentabilidade que visa reduzir a pegada ecológica da marca do Grupo Sovena.

 

Embalagens fáceis de reciclar

Atuando com responsabilidade ambiental, as embalagens são agora mais sustentáveis e fáceis de reciclar. Esta mudança tem por base a incorporação de 20% de PET reciclado e a redução de 50% do pigmento, de 0,30% para 0,15%, em todas as embalagens de plástico da marca.

Recentemente, também as embalagens de vidro foram renovadas, passando a ter rótulos de papel, uma decisão que permitiu à Oliveira da Serra poupar cerca de 500 quilogramas de plástico por ano.

Loara Costa, diretora de marketing do Grupo Sovena afirma que “a Oliveira da Serra é uma marca que tem assente na sua liderança a inovação aliada à sustentabilidade. Prova disso é apresentarmos ao mercado e ao consumidor soluções mais sustentáveis que diminuem a pegada ecológica da marca e que, por outro lado, espelham o papel relevante da inovação da empresa, com o objetivo de fazer a diferença no amanhã”.

 

Parceria com a Too Good to Go

A par desta novidade, a Oliveira da Serra apresenta, também este mês, outra iniciativa que visa um futuro ainda mais sustentável. À semelhança do que a marca defende nas suas produções, em que nada se perde e tudo é transformado em novos recursos, junta-se agora à Too Good to Go, plataforma que disponibiliza produtos e refeições que seriam potencialmente desperdiçados e os vende abaixo do preço normal em formato de Magic Boxes.

Quanto à parceria com a Too Good to Go, a responsável acrescenta que “contribuir ativamente com os nossos produtos para a economia circular é outra decisão que demonstra a nossa forte aposta no desenvolvimento de um consumo mais sustentável. É, sem dúvida, neste tipo de iniciativas que pretendemos participar, unindo esforços para o principal objetivo: consciencializar e promover o desperdício zero”.

portugueses

Maioria dos portugueses acredita que restrições deveriam ser iguais em todo o país

GS1 Portugal

GS1 Portugal apoia profissionais na partilha de informação sobre os géneros alimentícios