in

O consumo pode voltar aos níveis de antes da quarentena?

Imagem Shutterstock

Mais da metade dos espanhóis (55,7%) estão a repensar algumas das suas despesas habituais em função do impacto da pandemia Covid-19, de acordo com a edição especial do Observador Cetelem, que analisa o impacto dos novos surtos no consumo dos espanhóis.

34,5% dos entrevistados ​​afirmam que voltaram a consumir como antes do confinamento. Os mais otimistas (9,8%) planeiam consumir mais do que antes, para sustentar a economia.

A prudência continua a ser uma atitude predominante quando se trata de gastos. Embora a maioria dos espanhóis tenha mais cuidado com onde gasta o dinheiro, no final consumirão o mesmo, segundo 45,7% da amostra. 32% acham que as circunstâncias atuais serão esquecidas e que consumirão como antes, ou até mais. Economizar importa cada vez mais: três em cada dez entrevistados afirmam que gastarão menos e vão economizar (30,5%).

Retalho

Em relação ao dilema das compras em centros comerciais ou lojas de bairro, 21% afirmam que farão mais compras nas lojas locais e apenas 6% afirmam que aumentarão as compras nas grandes lojas.

As compras online alcançaram um papel de destaque nestes tempos de crise de saúde, e esse hábito parece estar consolidado, já que mais de 40% dos entrevistados afirmam que farão mais compras online no futuro.

Teletrabalho

Passar mais tempo em casa, não só por prudência para evitar o contágio, mas também por motivos de trabalho, como o teletrabalho, também foi analisado pelo estudo. O relatório destaca que 22% dos entrevistados planeiam comprar móveis para a casa para poderem trabalhar remotamente em melhores condições, destacando-se por estar acima da média aqueles com idade entre 30 e 34 anos, atingindo 38,9% das menções.

Em casa, a tecnologia é uma ferramenta essencial para o lazer e o trabalho. No cenário atual, 48% dos espanhóis consideram comprar um laptop, quase 30% comprar um smartphone e 25,5% um tablet. Impressoras (24,5%), monitores de computador (15%) e scanners (12%), também são outros produtos que os espanhóis pretendem comprar nos próximos meses.

Publicidade

Pernod Ricard

Vendas da Pernod Ricard caem 8%

O%riginal

O%riginal conquista prata nos Graphis Design Awards