in

Nespresso lança edição limitada Aurora de la Paz

Após 13 anos de presença na Colômbia, a acompanhar os cafeicultores colombianos através do Programa Nespresso AAA para a Qualidade Sustentável, a Nespresso lança um café de Caquetá, especial e raro, inacessível durante anos.

Aurora de la Paz é o nome da nova edição limitada da Nespresso que honra os agricultores que continuam a preservar e cultivar este café especial, oriundo da região de Caquetá, fortemente afetada pelos mais de 50 anos de conflito armado. Ao investir em regiões como Caquetá, onde muitos agricultores abandonaram a cafeicultura devido ao conflito armado, a Nespresso pretende apoiar e incentivar a reconstrução da indústria de café e das suas comunidades. Este é mais um passo da marca no compromisso de promover a reinserção social dos agricultores e das suas famílias que foram afetadas pelo conflito, criando condições para que recomecem a produzir café como fonte de rendimento e subsistência.

Em parceria com a Federação Nacional dos Cafeicultores (FNC) – que representa os agricultores colombianos –, a Nespresso vai trabalhar, inicialmente, com pequenos agricultores em Caquetá para que melhorem a sua produção de café de alta qualidade e, posteriormente, estenderá o programa a outras zonas do país.

Os consumidores vão deparar-se com um café raro, completamente diferente de qualquer outro Pure Origin, graças ao clima único onde crescem os grãos de Arábica. “Ao investir em Caquetá e noutras regiões afetadas pelo conflito armado, pretendemos ajudar os agricultores a reconstruir as suas comunidades. O nosso compromisso é fornecer o melhor café do mundo, ao mesmo tempo que geramos um impacto positivo nas comunidades onde atuamos”, refere Jean-Marc Duvoisin, CEO da Nespresso.

Publicidade

Gateway simplifica as tarefas de inventário com tecnologia RFID

Diageo e a SCC renovam o contrato de distribuição exclusiva da marca Guinness em Portugal