in

Mulheres mais preocupadas com nutrição e dieta

O estudo TGI da Marktest contabiliza, na vaga de julho, cinco milhões e 351 mil portugueses que referem ter preocupações com nutrição/dieta quando compram produtos de alimentação, o que representa 62,5% dos residentes no continente com 15 e mais anos.

A classe social e o género são as variáveis que apresentam maior heterogeneidade de opiniões. Enquanto três em quatro portugueses das classes mais altas referem estas preocupações quando compram produtos alimentares, apenas 57,4% dos indivíduos das classes mais baixas o indicam.

Também entre os dois sexos há diferenças assinaláveis: enquanto 57,1% dos homens mostra, ter estas preocupações, entre as mulheres a taxa sobe para 67,3%. Entre as regiões e as classes etárias há menos diferenças de opinião.

Os dados do TGI mostram ainda que os animais criados ao ar livre, as marcas brancas ou a as frutas e vegetais orgânicos são os tipos de alimentos mais procurados pelos consumidores.

Publicidade

Publicidade

Worten com maior ‘reach’ entre sites de e-commerce

Sports Direct ‘salva’ a House of Fraser