in

Mudanças na gestão da Unilever

A Unilever anunciou esta quinta-feira, dia 29 de novembro, que o seu CEO, Paul Polman, decidiu abandonar a empresa.

Alan Jope (na foto), atualmente presidente de Beauty & Personal Care, foi nomeado para o cargo, com vigência a partir de 1 de janeiro de 2019, contando com o apoio de Paul Polman no processo de transição durante o primeiro semestre do ano.

Paul Polman é CEO da Unilever há mais de 10 anos e trabalha na indústria de bens de consumo há quase quatro décadas. Durante o seu mandato, a empresa experimentou um crescimento consistente. “O seu foco de sucesso de criar um novo modelo de crescimento sustentável atendeu às necessidades de diversos stakeholders e gerou excelentes retornos para os acionistas, proporcionando um retorno total de 290% ao longo desse período”, refere o comunicado da empresa.

Alan Jope, de 54 anos, dirige a Beauty & Personal Care, a maior divisão da Unilever, desde 2014 e está no Leadership Executive da empresa desde 2011. Tem um histórico de liderança da Unilever nos mercados desenvolvidos e emergentes, tendo administrado os negócios no norte da Ásia por quatro anos, sido presidente na Rússia, África e Médio Oriente e com mais de uma década em cargos seniores em Foods, Home Care e Personal Care para a Unilever EUA. Ingressou na empresa como trainee de pós-graduação em marketing em 1985. “Será um grande privilégio liderar a Unilever, uma empresa verdadeiramente global, cheia de pessoas talentosas e marcas brilhantes. Ao longo dos 30 anos em que trabalhei na Unilever, vi as muitas formas pelas quais as nossas marcas melhoram a vida das pessoas, impactando positivamente mais de dois mil milhões de cidadãos todos os diasO nosso alcance global inclui posições fortes em muitos mercados importantes e o nosso foco continuará a ser servir os nossos consumidores e os nossos outros múltiplos stakeholders, para gerar crescimento de longo prazo e criação de valor”.

Paul Polman vai retirar-se como CEO e como membro do conselho da Unilever  a 31 de dezembro. Apoiará o processo de transição no primeiro semestre de 2019 e deixará a empresa no início de julho. Um sucessor para o cargo de presidente de Beauty & Personal Care será anunciado em breve.

Publicidade

Publicidade

KuantoKusta movimenta mais de 17 milhões de euros

Alibaba Group desafia empresas em Portugal a aproveitar oportunidades na China